No início do ano de 2020, o Governo Brasileiro anunciou uma nova medida relacionada ao FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Servi?o), conhecida como “novo calendário do fgts”. Essa medida tem como objetivo facilitar o acesso dos trabalhadores aos seus saldos acumulados no FGTS, permitindo que eles possam utilizá-los de maneira mais vantajosa.

O FGTS é um benefício garantido por lei aos trabalhadores brasileiros com carteira assinada. é composto por depósitos mensais realizados pelo empregador em uma conta bancária vinculada ao trabalhador. O valor depositado corresponde a 8% do salário bruto do empregado, e pode ser utilizado em algumas situa??es específicas, como demiss?es sem justa causa, aposentadoria, compra de imóveis, entre outras.

Anteriormente, o acesso aos recursos do FGTS era limitado, sendo apenas possível em casos específicos e mediante solicita??o do trabalhador. Com o novo calendário do FGTS, essa realidade mudou. Agora, os trabalhadores têm a possibilidade de utilizar parte desses recursos, de acordo com um cronograma estabelecido pelo governo.

O novo calendário do FGTS divide-se em dois blocos principais: o saque-aniversário e o saque-rescis?o. No caso do saque-aniversário, o trabalhador poderá sacar uma parte do seu FGTS anualmente, no mês do seu aniversário e nos dois meses seguintes. Esse valor é baseado em uma tabela progressiva, que leva em considera??o o saldo disponível na conta do FGTS do trabalhador.

Já no caso do saque-rescis?o, o trabalhador poderá sacar todo o valor do FGTS quando for demitido sem justa causa. Anteriormente, ele tinha acesso apenas a 80% do valor total, enquanto os outros 20% ficavam como uma espécie de reserva para as empresas em caso de multas contratuais. Com o novo calendário, essa reserva foi eliminada e o trabalhador tem direito ao valor integral do FGTS em casos de demiss?es sem justa causa.

Além dessas mudan?as, o novo calendário do FGTS também trouxe outras vantagens para os trabalhadores. Agora, eles podem optar por receber os valores do FGTS diretamente em suas contas bancárias, evitando assim a necessidade de comparecer a agências bancárias ou lotéricas para realizar o saque.

Outra novidade é a possibilidade de consulta dos saldos do FGTS de forma mais simplificada e acessível. O trabalhador pode consultar o seu saldo através do aplicativo FGTS, disponível para smartphones, ou pelo site oficial do FGTS. Isso facilita o acompanhamento dos depósitos e o controle dos recursos disponíveis.

Essas mudan?as no calendário do FGTS têm como objetivo principal trazer mais autonomia e flexibilidade aos trabalhadores brasileiros. Com a possibilidade de utilizar parte do FGTS anualmente, no momento em que desejarem, eles podem investir em seus projetos pessoais, como a compra de um imóvel ou a realiza??o de uma viagem, por exemplo.

No entanto, é importante ressaltar que a nova medida n?o elimina a fun??o de prote??o do FGTS. Ainda será necessário cumprir alguns requisitos para ter acesso ao saque-aniversário, como ter um saldo mínimo na conta do FGTS e fazer uma ades?o ao programa.

Em resumo, o novo calendário do FGTS trouxe mudan?as significativas para o acesso aos recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Servi?o. Com ele, os trabalhadores têm mais liberdade para utilizar seus saldos de maneira vantajosa, seja no saque-aniversário ou no saque-rescis?o. Essa medida representa um passo importante na busca por mais flexibilidade e autonomia financeira para a popula??o brasileira.